Novas regras de Transporte Aéreo, o que muda?

Sobre as novas regras e valores para despachar malas, segue abaixo o posicionamento de algumas cias aéreas:

LATAM

Inicialmente, serão alteradas apenas as quantidades de peças e pesos permitidos para bagagem de mão e despachada, sem custos adicionais.
O modelo de cobrança do excesso de bagagem também será alterado.

Franquia de bagagem despachada

Voos domésticos e regionais: A partir do dia 14/03 será 01 peça de 23Kg
Voos internacionais: A partir do dia 14/03 serão 2 peças de 23Kg
Bagagem de mão: A partir do dia 14/03 será de 10Kg

GOL

Segundo a cia, o valor cobrado por mala será maior de acordo
com a quantidade de ítens que cada passageiro despachar.

AZUL

A Cia classificou suas passagens em duas categorias:

Mais Azul: mantém a prática tarifária atual, incluindo a franquia de 23Kg de bagagem e sempre estará disponível para compra.
Azul: Ao optar por esta nova categoria o cliente pagará mais barato pela passagem na comparação com a tarifa Mais Azul, e poderá escolher pela
compra ou não do serviço de bagagem despachada. Nessa modalidade, se o Cliente mudar de ideia, poderá incluir os 23 kg de bagagem, a qualquer momento, por apenas R$ 30,00.

AVIANCA

Não cobrará nenhum valor a mais pelo despacho de bagagens, pois preferem estudar essa questão mais profundamente durante os próximos meses.